AQUELE DESCANSO DUMA HABITAÇÃO REAL
"O Deus eterno é a tua habitação e por baixo estão os braços eternos", Deut 33:27

Esta palavra "habitação" pode ser directamente traduzida para "mansão" ou ainda "lugar de permanência".

Isto faz de Deus a nossa única e própria habitação, a nossa casa. Transparece aqui uma doçura nesta forma de expressão, uma plenitude sem fim, pois é em casa onde nada nos falta, desde o calor familiar, como a comida e todos os utensílios necessários à nossa existência contínua nesse certo local. Mais ainda, é coisa muito chegada ao nosso próprio coração, pois pode até ser a mais humilde cabana ou a casa mais perfeita - nunca deixa de ser coisa chegada a nosso peito e alma. Mais doce ainda se torna nosso Deus ao nosso paladar, quando de facto Ele se torna nosso lar, nosso refúgio dum temporal, nossa habitação segura e permanente.

É n'Ele que nos movimentamos, é n'Ele que nos temos como seres fragilizados pelas muitas circunstâncias de vida agreste que se nos apresentam diariamente e ininterruptamente. É ali onde nos sentimos bem, porque lá de facto estamos muito bem - caso não estivéssemos, logo todos saberiam que assim seria, pois a insatisfação nota-se a milhas na face dum humano, por muito hipócrita que ele consiga ser. Assim e desde logo, basta estarmos em Deus de facto para que nunca mais temamos qualquer coisa vil por dentro. Ele apenas, é o nosso abrigo de ali em diante, o nosso refúgio duma tempestade agreste, onde tomamos o nosso posto de descanso eterno. É em casa que temos nosso estado de espírito que nos permite o descanso, pois há pessoas que apenas conseguem dormir em camas familiares, que a conhecem por ser sua. É ali que descobrimos que não haverá impedimentos ao descanso prometido, onde nos sentimos à-vontade para nunca nos abstermos de ceder ao amor, paz e aconchego dum lar que nos é sempre familiar. Está você familiarizado com Deus, ao ponto de se sentir bem n'Ele, com Ele? Veja, não perca esta oportunidade de se sentir feliz de facto, provavelmente pela primeira vez. Ali pode descobrir o seu descanso do labor infinito desta vida, pois ali a sua consciência sossega, prevalece na paz que lhe é fornecida se estiver limpa através da confissão individual e pormenorizada de tudo quanto é pecado, tal como seu respectivo abandono.

Assim é que nossos corações se desligam das paixões infames e mentirosas que tudo nos tiram, até o nosso sossego, depois de tudo nos haverem prometido. É ali onde os conflitos cessam, mesmo que lá fora rujam tal qual ventos impetuosos e enfurecidos. Se nos aconchegarmos ali, n'Ele, logo nunca mais quereremos sair de lá. Ali não há labor que exalte ou abata, pois Deus é nosso único local de total repouso - é Ele, o Próprio quem acalma todas as nossas tempestades. Ali, em nossa casa e em nossa habitação, temos refúgio de toda a má-língua - que falem, pois Quem está connosco vê tudo, condena tudo na fonte. Ali não temamos ser mal entendidos, pois quem nos entende não necessita de palavras explicativas de tudo aquilo que se passa em nossa alma, seguramente. Mais palavra, menos palavra - nunca será isso que fará a diferença. Ali também nunca iremos ser mal edificados, pois quem nos edifica já edificou a nossa natureza desde a raiz - porque temer? "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei", Mat.11:28. Por isso, ali podemos comungar, partilhar, compartilhar e dissecar tudo o que nos vai na alma, pois nada precisamos explicar, porque este descanso é e será sempre para leigos e sábios, pobres e ricos, pois há ricos que não o são, alegres que mentem e também não o são. Ali podemos explicar e cantar de alegria, desvendar os mistérios do nosso ser que tanto nos apoquentam e atormentam, pois há muita pergunta que não sabemos como responder fora d'Ele. Lemos que "os segredos do Senhor estão com aqueles que o temem continuamente" e para mais ninguém. Os outros irão morrer tolos, pois defraudam seus próprios corpos e ainda se acham sábios, quando nem seu próprio corpo respeitam e amam. Assim, também os segredos daqueles que temem a Deus estarão com seu Deus, pois Ele tudo conhece e sabe a seu respeito - haja quem queira ouvir apenas!

A nossa habitação é e será também o lugar da mais pura alegria e esperança, pois ali em Deus, apanhamos de sobra de tudo aquilo que nossa alma precisa para viver, tal como o mel embelezou a face do esfomeado Jonatas, filho de Saúl, quando estava com fome e comeu dele. Nós apenas temos alegria n'Ele, que se ouça duma vez por todas. Que se busque a ver se se acha, pois, qualquer alegria de viver que ainda reste em si vem d'Ele para que você sinta aquela vontade de o encontrar ainda; mas é e será limitada ao poder de buscar o seu Deus, pois lemos que "aquele que não tem, até o que tem lhe será tirado". Que será feito de si sem Deus numa eternidade inteira, meu caro amigo? Que será de seus amigos se você não se salvar ainda? Ali, em nosso aconchegante lar, descansamos para termos como enfrentar o novo dia de amanhã, onde nossos dedos terão de ter a precisão do labor que nos resta ainda fazer. Não descanse para não trabalhar, mas para viver melhor ainda. O descanso faz parte do trabalho. Assim, em Deus, descobrimos alegria sem fim à vista, como um mar do qual não se vê a terra. Que vai fazer com aquela vida que lhe é oferecida?

Não admira pois, que Deus faça com que Sua vida lhe seja difícil, pois você não tem aquela capacidade de a aceitar de outra maneira senão através das dificuldades. Será nesse sentido que podemos dizer também, que é em Deus que temos sempre nossa habitação, pois ali aprendemos a desfazermo-nos dos nossos pecados, sem mágoa, sem rancor de termos que deixar o amante da vizinha, o tabaco e o escarro. Ali, em nosso Redentor, temos como e porque descansar, pois tudo em nós está assegurado, desde que dentro das regras da Terra Prometida e do descanso sem fim, do qual se diz "Pois, ainda resta (falta) um descanso para o povo de Deus", Heb.4:9. Assim, sentimos que devemos trabalhar sim, mas em descanso de consciência e alma, sem fadiga que nos leva a nunca desejar aquele dia de amanhã para tropeçar no de hoje, pois ambos têm seu tempo e cuidado da parte de Deus.

Como está de descanso meu caro amigo? Que é feito daquilo que Deus lhe prometeu desde há muito? Sábios serão todos aqueles que em Deus acham sua habitação e refugio, pois nenhum mal se lhes chegará por perto - jamais!

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com