COMO É QUE DEVEMOS SER SANTOS?
"Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento; porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo. E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor durante o tempo da vossa peregrinação", 1Ped.1:15

Vamos focalizar nossa atenção sobre quatro palavras-chave deste texto: a palavra santo(s), a palavra como (em como é santo), a palavra procedimento e também a palavra temor, na nossa peregrinação.

Imagine como foi a santidade de Cristo cá na terra. Imagine como esta é agora - cá na terra ainda, mas em nós por nós. Esta pureza não tem paralelo em todo o universo, pois não é fingida, não tolera o mal e mina-o em vez de o confrontar directamente, pois nem necessita fazê-lo sequer porque o próprio pecado dá conta de si mesmo, auto destrói-se; é esta santidade que se sustém sob pressão, sob calamidade, sob frio e chuva, sob provas intensas, sobre injustiças, sabendo que quem julga é justo e fiel. Não apoia o mal, no entanto deixa-o crescer para que se coagule por ele próprio, enforcando-se em sua própria corda umbilical. Qualquer pecado, qualquer vida em pecado, não tem saída final, pois é uma questão de tempo apenas, até se estatelar sem retorno possível - a santidade de Cristo aceita isto e sabe que é isto que espera todo o tipo de pecado, grande e pequeno, lá mais para diante ou mesmo agora. Todo o procedimento do Senhor Jesus sabe que tudo em breve terminará para sempre, todo o mal. A arrogância do homem é que o faz levantar a sua crina para se mostrar valente - Deus baixa porque sabe que o mal não tem escapatória provável, pois o seu fim está assegurado desde que Deus disse a Noé "O fim de toda carne é chegado perante mim; porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os destruirei juntamente com a terra", Gen.6:13. Sabemos que como a terra não foi ainda destruída ("eis que os destruirei juntamente com a terra"), por isso deduzimos que isto ainda não se concretizou e que o dilúvio de Noé foi apenas uma amostra daquilo que irá de facto ocorrer ainda, Deus mostrando assim o que pode e ainda vai fazer. É daqui que devem derivar as palavras "andai em TEMOR" porque Deus julga sem acepção de pessoas.

Logo deduzimos certas coisas deste texto e tudo é possível, porque se não fosse Deus nunca o exigiria de nós, sendo justo. Ele não nos pede que sejamos santos apenas - pede-nos que sejamos tão santos quanto Ele é. Muita gente pensa e imagina estar a competir com Deus quando se santificam, pois acham que podem suplantar seu Deus em santidade e não devem, pois caso sejam santos causam uma grande "injustiça" a Deus, como se tal coisa Lhe fosse trazer desonra. Sabemos que isto se trata apenas de uma desculpa que todos os humanos arranjaram para poderem continuar na sua vidinha de pecado. Nada mais pode trazer maior glória e honra a Deus que uma vida limpa e linda em santidade sem igual cá na terra, pois isso sim, honra a Deus que numa sociedade pecaminosa e esfarrapada de valores e de decência aceitáveis, pode brilhar como estrela forte. Lemos: "para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus imaculados no meio de uma geração corrupta e perversa, entre a qual resplandeceis como luminares no mundo", Fil.2:15. Logo, devemos e temos como ser santos, não como queremos, como achamos que um santo é, mas santo como Ele é. Onde e quando? Cá na terra e em todo o nosso procedimento! Não só na igreja, mas em todas as possíveis situações de confronto com o mal, no entendimento com o bem, pois muitos crentes acham porque estão entre irmãos podem falar palavrões e ser engraçadinhos e bajuladores por um momento; santos tanto no emprego como na igreja, tanto no coração como na aparência; tanto de dia como de noite, tanto em casa e na família quanto no próprio Céu, pois lemos "a Tua vontade seja feita aqui na terra como no céu". Nada menos que isto nos cabe. Será melhor ler este texto de novo, pois algo pode-nos haver escapado dele: 1Ped.1:15 "Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento; porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo. E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor durante o tempo da vossa peregrinação".

Que fazer quando descobrimos que algo de errado se passa com nosso coração? Quando devemos estar preocupados - quando não temos dinheiro, ou quando não temos santidade? Quando estamos doentes e no leito da morte, ou quando estamos às portas do inferno pela falta de pureza em nossos pensamentos?  "Digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo e depois disso nada mais podem fazer. Mas eu vos mostrarei a quem é que deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, digo, a esse temei", Luc.12:4-5. Ora, assim que descobrirmos que a Bíblia quer apenas dizer o que lá está - simplesmente - logo devemos ter em conta que se diz que apenas os limpos de coração, o coração de onde vêm os pensamentos, esses verão Deus, pois está escrito: "Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus", Mat.5:8. Por essa razão lemos também: "Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos para Deus, e ele se chegará para vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de espírito vacilante, purificai os corações. Senti as vossas misérias, lamentai e chorai; torne-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará", Tiago 4:7-10 . Quando lhe faltar santidade, clame a Deus e deixe o mal, pois sabemos que Ele salva o Seu povo dos seus pecados e se Ele nos libertar, seremos deles verdadeiramente livres.  "Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos, ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, agora e para todo o sempre. Amem", Judas 1:24-25.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com