O INVESTIDOR

Luc. 12:16 Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância;

12:17 e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos.

12:18 Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens;

12:19 e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te.

12:20 Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?

12:21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.

12:22 E disse aos seus discípulos: Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, nem quanto ao corpo, pelo que haveis de vestir.

É muito frequente, os campos dos homens ricos sem Deus produzirem muito, (O campo de um homem rico produzira com abundância) e o daqueles que não têm nada a não ser Deus, quase não produzirem algo que se veja, que aos olhos de todo mundo seja relevante ou atraente. Há quem ache mesmo Deus injusto por isso, mas quase sempre sem levar em linha de conta o amor que a uma situação dessas leva, fazendo com que o justo nunca invista no prejuízo. A abundância faz-nos quase sempre abdicar de outras coisas para construir mais celeiros, mas Deus faz com que o justo não invista na perda, retirando-o da abundância - isso é amor! Se alguém constrói celeiros aqui na terra, o mundo diz que é uma boa forma de sensatez; acha mesmo que é uma pessoa muito ajuizada. Deus chama tal pessoa de insensata - tão oposta é a sua visão das coisas. Se alguém trabalha e investe seus lucros, é sempre admirado, desejado, bem tratado e elogiado pelo que faz; Deus chama tal pessoa de ansioso - ansioso e insensato é, para Deus, quem ocupa mal todo o seu tempo cá na terra. A tais pessoas o mundo chamaria de “investidores”, ou mesmo de grandes homens de negócios! Um caixão frio e um inferno quente serão o fim de todos aqueles que investem sem Deus, mas no prejuízo. Mas preciosa será a morte de quem usou todo o seu tempo e bens para investir no celeiro do seu coração e no dos outros homens e mulheres. É Deus seu celeiro? É n'Ele que investe?

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com