PORQUE NOS CANSAMOS?
"Os jovens se cansarão e se fatigarão e os mancebos cairão, mas os que esperam no (do) Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; andarão e não se fatigarão", Is.40:30-31

Há afirmações na Bíblia que nos deixam muito perplexos e se as pessoas deixassem de ser fingidas e olhassem com outros olhos para tudo o que lá se diz, logo deduziríamos que nos parece algo impossível. Mas, o problema principal dos humanos é que eles gostam de palavras bonitas para as parafrasear apenas. Se levarmos em conta que estas palavras não são apenas belas, mas que acima de tudo são uma confirmação e uma constatação de verdades que nos parecem impossíveis à primeira vista (caso fossemos honestos para com nós próprios), logo ali nos poríamos perante um problema complicado.

Existe um cansaço interior dentro de muitas almas, ao qual muitos já se adaptaram e sem o qual muitos já nem sabem viver. Assim, torna-se difícil dizer seja o que for, a menos que as pessoas se achem cansadas de verdade, isto é, que vejam por elas próprias que de facto é canseira que os assola por dentro. Mas, mesmo assim, torna-se logo difícil se sabemos qual o motivo de toda aquela canseira, pois os homens amam tudo quanto os faz cansar e só não gostam do cansaço que é uma simples consequência de qualquer tipo de pecado. Por amor ao pecado o homem faz qualquer coisa, tal como um homem tolo fará para poder alcançar a mulher do vizinho caso creia que está apaixonado por ela. O mesmo fará um alcoólico em relação ao seu vinho, um fumador em relação ao tabaco: farão qualquer coisa, qualquer sacrifício para alcançarem o objecto directo do seu vício ou afecto, que é causador de todo seu cansaço também.

Lemos de Jesus uma afirmação que nos leva a pensar. Ele diz assim: "Vinde a Mim, todos os que estai cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei. (29) Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. (30) Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve", Mat.11:28-30. Estas palavras, "Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve" são algo que nos fará abanar nossas cabeças em desacordo caso fossemos honestos e não lêssemos e afirmássemos estas palavras apenas porque as achamos bonitas de serem lidas. Mas uma coisa é serem bonitas (porque são na verdade) outra é serem verdadeiras e funcionarem em nossas vidas cansadas de forma prática.

Maior cansaço do que aquele que achamos em crentes que servem o pecado, no entanto, deve ser difícil de ser achado. Eles tentam de tudo para serem felizes e despreocupados, cantando e fazendo louvar para assim acharem seu alívio pela "fé". Mas, no dia seguinte, parece que o efeito de sua droga arrasadora se desvaneceu e sentem que estarão longe de se sentirem tal qual afirmaram que sentiam. Todo tipo de engano consegue um efeito temporário em qualquer um de nós, caso nele creiamos e a ele nos entreguemos. Mas, sabemos que não dura para sempre e saberemos porque razão os homens mentem até para eles mesmos, sendo que é precisamente a verdade no intimo que Deus nunca despreza. "Será também como o faminto que sonha que está a comer, mas, acordando, sente-se vazio; ou como o sedento que sonha que está a beber, mas, acordando, desfalecido se acha e ainda com sede. (9) Pasmai e maravilhai-vos (…) bêbedos estão, mas não de vinho, andam cambaleando, mas não de bebida forte",Is.29:8-9. "Apalpamos as paredes como cegos; sim, como os que não têm olhos andamos apalpando; tropeçamos ao meio-dia como no crepúsculo e entre os vivos somos como mortos", Is.59:10. É sempre pena que as pessoas tropecem em coisas em plena luz do dia sem que vejam em que tropeçam e também sem serem cegos de verdade!

Não existe canseira maior para a alma, nem interior nem exterior, do que servir o pecado dentro do Templo de Deus - e o Templo de Deus somos nós. "Mas vós o profanais, quando dizeis: A mesa do Senhor é profana (…) é desprezível. (13) Dizeis também: Eis aqui, que canseira! Aceitaria eu isso de vossa mão? Diz o Senhor", Mal 1:12-13.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com