SATANÁS É SEMPRE PREVISÍVEL
"…Na presença de Cristo, para que Satanás não leve vantagem sobre nós; porque não ignoramos as suas maquinações...", 2Cor.2:11

Seria tão simples o homem livrar-se do pecado! De todo pecado!

Sabemos como Satanás se transfigura, mas devemos obter a plena consciência que não muda de figura na verdade, pois ele apenas sabe e deseja como obter seus resultados. Não podemos ignorar, porém, que é especialista eficaz e, além de ser eficaz é muito experimentado em tudo quanto faz e promove, tem poder para fazer conforme faz. O erro do homem é ignorá-lo como tal. Quantos crentes se sentem culpados daquilo que Satanás tenta fazer neles (dentro deles) e se sentem desculpados quando não é Satanás mas seu próprio coração. Devemos prestar mais atenção a estas coisas, pois se é fácil acreditar que Deus não existe, facilmente assumiremos e concluiremos pela inexistência de Satanás também.

São apenas os crentes que têm e sentem vergonha de viver certo, pois não vemos que os promotores de sexo e filmes semi-pornográficos e violentos se escondam em tudo quanto fazem e promovem. Raramente se pode ver uma cara encoberta num filme nojento, pois mulheres e homens sem escrúpulos dão sempre a sua melhor cara quando fazem o que fazem. Mas, promover o bom senso, parece ser preço demasiado alto para ser pago facilmente. Quando uma esposa posa nua, nunca acha que sua imagem estará saindo denegrida, antes achará que irá ser famosa por isso. Mas ponha-se uma esposa a falar de verdadeira vida (e quanto mais real e verdadeira esta for colocada maior o embaraço se torna) e vermos de como se envergonham tanto quem fala como quem ouve.

Bastaria ao homem reflectir uns pequenos minutos em tudo quanto faz e ser honesto consigo próprio. Na verdade, será muito mais simples, muito mais leve, viver certo do que viver errado. É a ira que consome o ser humano e não a calma; é o pecado que desgasta e não a santidade. Um homem impuro gasta fortunas só para cometer adultério, muitos dão suas vidas para roubarem. Mas poucos ficam quietos para nunca pecarem. Será assim tão difícil virar as costas ao pecado de forma simples e directa sem ter que fornecer explicações e desculpas a alguém que esteja nos vendo quando o fazemos?

Por essa razão, sempre que brotamos espontaneidade na plena convivência com Deus, sempre que tal Vida nos é real, tanto mais fácil se nos torna nosso viver. Não é mentira quando Cristo nos afirmou sem pestanejar que Seu jugo é deveras suave e Seu fardo é leve. As contradições dentro do homem (das quais Satanás muito facilmente se aproveita) são o que torna a distinção complicada e difícil. Logo, se o homem pára a descansar em Deus um pouco, facilmente verá que Satanás só tem como o tentar usando apenas os recursos que o próprio homem tem e disponibiliza ao pecado.

O segredo está em nunca ignorar as maquinações de Satanás. Mas, maior segredo será andar na presença de Deus e que tal seja um facto e não apenas uma mera crença ou suposição. A religiosidade é o passatempo de Satanás. Pobre será o crente, o pastor, a igreja que acha que Satanás nunca se usará de doutrinas, de pesquisas Bíblicas para ter como desviar duma simples Vida real e categoricamente convincente! É pena que se ache que Satanás não espalhe doutrinas de inércia ou de hiper-actividade sem poder por este mundo fora, de actividade errónea e errada, de pesquisas sem valor eterno e real. É mais fácil pesquisar dias a fio sobre Calvino e outros tantos do que achar Cristo de forma real num simples minuto de honestidade e quebrantamento interior. Na verdade, "Não vos sobreveio nenhuma tentação que não seja humana…" e a qual Satanás tem ao seu alcance para usar, 1Cor.10:13. Ignorar Satanás é ignorar o inimigo de Deus; ignorar o coração do homem é deixar Satanás trabalhar seu terreno favorito em paz; andar longe de Deus será sinónimo de ignorância e tolice, pensando que haverá homem capaz de vencer Satanás em seu próprio terreno. Expor nossos corações à luz, nossos motivos, será, no entanto, retirar de Satanás de seu terreno favorito. Mas achar que Satanás se usará de coisas extraordinárias e impensáveis para desviar o homem, será conviver com falta de realidade. Uma moça me disse poucos dias atrás assim: "se eu tocar em algo que está errado, eu sinto que Satanás me cai em cima! Sinto mesmo! Achas que é tolice de minha parte, que estou a imaginar coisas?", perguntou. Eu achei que não.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com