TUDO PARA O SENHOR
"E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus (…) E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor e não aos homens, sabendo que do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi a Cristo, o Senhor", Col.3:17,23,24
  1. As pessoas, no geral, quando querem agradar pessoas até se tornam crentes. Para agradar pessoas, mães, pais, namorados/as, irmãos e amigos fazem qualquer coisa. Há gente que até muda de religião para ter namorada/a. E muitos tornam-se crentes para agradarem a homens e a mulheres. Você busca Deus por Deus?

  2. É verdade que quem busca agradar gente apenas busca agradar-se ou ser agradado em retorno. Se dá honra ao homem, busca obter algo em retorno; se elogia, buscar agradar para ficar bem visto; quem agrada gente, na verdade, busca ser agradado. E temos a certeza que quem tem a vontade de agradar aos outros, tem a capacidade de tornar-se desagradável para com eles também sempre que não alcança reconhecimento ou aquilo que pretendia obter agradando. Conclusão: aquele que agrada pessoas não consegue honrar a Deus e dar-Lhe a glória que Lhe pertence porque a busca para ele próprio.

  3. Deus não pede aquilo que não Lhe pertence. Se a glória é realmente d’Ele, vamos dá-la a Ele. Se for de César, que a demos a César. Deus não quer nada que não seja somente – exclusivamente - Seu. Você é exclusivamente de Jesus? Sabia que quando se entrega a Jesus sem reservas e sem condicionalismos você só Lhe está dando o que Ele criou para Ele e para Sua glória exclusiva? Você é d’Ele? Você gostaria que o banco, o governo, os estranhos, os maus se apoderassem de sua casa, de seus bens, de seus filhos, de sua conta bancária? E por que razão deixa o pecado apoderar-se de seu coração, logo o trono de Deus???

  4. Uma história do jumento que carregou Jesus até Jerusalém (Mat.21). "Trouxeram a jumenta e o jumentinho e sobre eles puseram os seus mantos; Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu os seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos de palmeiras e as espalhavam pelo caminho. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam, dizendo: Hossana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hossana nas alturas!" Mat.21:7-9. Este Jumento no qual Jesus montou via o povo aplaudindo e pensava que os aplausos e os cânticos eram para ele. Ficou muito lisonjeado, passava por cima dos ramos das palmeiras com muito agrado e decidiu voltar ali quando terminasse sua tarefa. Chegou a Jerusalém, deixou Jesus e pôs-se a correr em direcção aos aplausos e aos cânticos. No caminho de volta para os aplausos, o povo dizia: sai daqui burro feio! Vai-te embora jumento! E atiravam-lhe pedras. Moral da história: você é assim como esse jumento? Ninguém tem como viver na clandestinidade quando carrega Jesus. Todo homem cheio de Deus dará nas vistas toda a hora. Mas, você tem noção que os aplausos pertencem a Jesus e que é a Ele que cabe a glória? Olhe o servo de Abraão: quando ele encontrou a resposta à sua oração (encontrando a esposa para Isaque, Gen.24:27) inclinou-se por terra e agradeceu a Deus no meio do nada, com gente olhando fixamente aquela figura.

  5. É muito fácil "unirmo-nos" a Jesus por causa dos cânticos que ouvimos, por causa do ambiente saudável que sentimos, etc. Mas, será que você é realmente um com Deus em seu coração? Pensa como Ele, vive e convive com Ele profundamente? Você glorifica Deus com aquela realidade de vida que Ele é e dá ou só glorifica de boca e por contágio do ambiente? Você é contagiado ou entendido? Você é um louvor ou uma ficção? Você consegue VER que a glória pertence mesmo a Deus ou esforça-se para pensar que pertence? Você dá a Deus o que acha que pertence a si? Muitos dão glória a Deus como alguém daria algo que lhes pertence. Sentem-se lisonjeados quando dão. E Deus só quer o que Lhe pertence, pois, tudo é d’Ele desde a criação. Tudo foi feito para glória d’Ele. Até você foi feito para dar glória a Deus. Como está sua vida? Podemos ver Jesus em si, Suas maneiras, Seus modos, Sua imagem inicial? Você está cá em nome de Jesus, é Seu representante fiel na terra ou só diz "em nome de Jesus" porque ora? Essa afirmação é de boca ou é a realidade de toda a sua existência e vida?

  6. Muitos acham que as coisas pequenas e insignificantes podem e devem ser feitas na força da carne e que, com as difíceis, devemos recorrer a Deus. Logo, achamos que quando Deus nos livra de algo difícil e Lhe damos glória pelo que fez, podemos ignorar que Deus é o Deus de todas as coisas pequenas também. "Ora, quem despreza o dia das coisas pequenas?" Zac.4:10. Mas, sabemos que devemos chegar ao ponto de conseguirmos fazer todas as coisas para o Senhor, através d’Ele e reinados por Ele enquanto andamos e fazemos, descansamos ou pensamos, etc. Que seria de nossa vida se pudéssemos passar momentos com Jesus? Amem.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com