VEDE COMO OUVIS
"VEDE COMO OUVIS…", Luc.8:18
  1. Vermos como ouvimos significa, antes de tudo, termos em conta que tipo de coração temos ou em que disposição nos encontramos no momento que Deus fala, que tipo de coisas andam manietando, influenciando e falando em nosso coração, etc. Nunca ouviu falar que as pessoas só ouvem aquilo que querem ouvir? A isso podemos acrescentar que as pessoas só ouvem quando querem ouvir, etc. Existem muitos que dizem que Deus não falou apenas porque não disse aquilo que gostariam de ter ouvido. Muitos já me disseram assim: "O teu Deus é diferente do meu". Foi por essa razão que os Fariseus mataram Jesus e O consideraram um falso não falou a favor do que pensavam e achavam. Eles tinham um deus diferente.

  2. Muitos até ouvem para poderem fazer o oposto. Se ouvem: "vai para direita", eles pendem instintivamente para a esquerda. Por essa razão gostam de ouvir – para serem do contra.

  3. Não podemos esquecer que a forma como ouvimos depende do tipo de coração que fabricamos; depende do momento que ouvimos; depende de quem fala e se gostamos da pessoa; se desprezamos ou se admiramos a pessoa para bem ou para mal; depende do assunto e se nos interessa pessoalmente, depende se a pessoa nos diz coisas boas ou más; etc. Mas, uma palavra dura ou má vinda de Deus tem o poder de salvar-nos. Não existe palavra de Deus ruim, seja ela qual for. "…E não é assim que fazem bem as minhas palavras ao que anda rectamente?" Miq.2:7.

  4. Se você não ama Deus e se não gosta da verdade, ainda assim precisa ter em mente que é Deus falando. "E ninguém, tendo bebido o velho, quer o novo; porque diz: O velho é bom", Luc.5:39. Se levamos em conta quem é Deus e quem é que está falando, iremos "receber com mansidão a palavra", Tiago 1:21. Para recebermos qualquer palavra com mansidão, precisamos ser mansos. Não é decidindo receber com mansidão que nos tornamos mansos. É tornando-nos mansos que receberemos com mansidão.

  5. Deus é cavalheiro. Ele não vai falar quando a pessoa explica a Deus; quando manda em Deus; quando busca a coisa errada e depois afirma que deseja a vontade de Deus; quando quer a vontade de Deus do seu jeito ou através do seu próprio poder; etc. Cavalheiro não se intromete nos caminhos dos outros e nem dá opinião sobre eles.

  6. A nossa forma de ouvir e de entender depende bastante daquilo que somos. Depende se somos duros, se temos outras ideias, outros sonhos, outros objectivos, se somos pessoas que se enganam a elas próprias, se têm pavor de confrontar os bichos da sua cabeça estando Deus por perto, se gostam de ouvir coisas que acham que são coisas boas sendo que coisa boa é aquilo que Deus diz da forma que diz, etc.

  7. É perigoso ‘interpretar’ as palavras de Deus quando Ele só quer dizer aquilo que está dizendo e nada mais. Você tem o tipo de coração que só quer interpretar tudo que ouve para achar uma versão mais conveniente e mais próxima da opinião que o seu coração dá? Sabe distinguir entre o que Deus diz e o que o seu coração diz ou deseja, mesmo quando aquilo que seu coração deseja é bom? Sabe distinguir entre um não e um silencio da parte de Deus? Silêncio não significa nem não e nem sim… ainda.

  8. "O fruto da justiça semeia-se em paz para aqueles que promovem a paz", Tiago 3:18. Se você não tem um coração natural que promove a paz com Deus naturalmente, a paz de consciência, o fruto da justiça continuará a ser semeado e você terá cada vez menos paz, pois Deus nunca deixará de agir e de demonstrar quem Ele é. Deus não vai mudar para você ter sua paz. Cabe a si mudar e achar paz quando Deus semeia.

  9. "…Para converter os corações dos pais aos filhos e os rebeldes à prudência dos justos, a fim de preparar para o Senhor um povo bem-disposto", Luc.1:17. Isto significa que precisamos ser um povo que esteja de acordo com a disposição de Deus. Antes de concordarmos com Deus precisamos ter um coração pré-disposto, isto é, na disposição que Deus está – precisamos estar na onda de Deus, pensar do jeito que Ele pensa e fazer do jeito que Ele faz – no céu como na terra. Você já está com esse coração? Se ainda não o tem, vai ser difícil fazer a vontade de Deus de maneira que Lhe agrade e sem desistir dela.

  10. Quando erramos, erramos principalmente por causa da disposição do nosso coração. É como um jogo de futebol: a maneira como os jogadores estão dispostos ou posicionados no campo conta muito para ganhar ou perder um jogo. "Estes sempre erram em seu coração e (por essa razão) não chegaram a conhecer os meus caminhos", Heb.3:10. Isto significa que o coração não está bem-disposto para Deus e não consegue rever-se nos caminhos de Deus, nas suas coisas e na sua vontade. "Acaso andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?" Amos 3:3. As pessoas não conseguem andar nos caminhos de Deus, ou não conseguem manter os caminhos de Deus por muito tempo porque seu coração não está "bem-disposto". João Batista veio preparar um povo para receber Jesus. E Jesus veio preparar melhor esse mesmo povo para receberem o Espírito Santo.

  11. Razões porque alguém não se encontra "bem-disposto": 1.A pessoa tem vida própria e ama-a acima da vida de Deus; 2. A pessoa quer usar a vida de Deus para resolver a sua própria, ao invés de usar a sua para os objectivos de Deus; a pessoa não sabe viver, não sabe reagir bem sem preocupação, sem problemas, etc; isto é, ela gosta de espinhos e precisa deles para clamar a Deus; Amem.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com