LADRÃO E SALTEADOR

Você gosta de ser visto como ladrão, sendo ou não sendo? Que acha que é ser ladrão? Ladrão rouba o quê? E salteador o que faz? Vamos ver se você não é um. Se não for passa no teste - se for tem a possibilidade de se arranjar hoje, enquanto é dia, pois o dia do juízo está de chegada. Ladrão é pessoa que só pensa nele. Você pensa em quem, a maior parte do dia? Quando pensa em seus filhos, sua esposa, pensa neles porque lhe dizem algo, não é? Se não significassem nada para si não estaria pensando neles, deixariam de ser gente. Bom, quer dizer que mesmo quando pensa nos outros, pensa em si só. Ladrão também é assim - só dá quando pode furtar ou encobrir dando, pois não gosta de ser visto como sendo mau, quanto mais gatuno! Ladrão é pessoa que só vê e só fala nos erros dos outros - se falasse nos seus iria preso num ápice. Já se encontrou ou apanhou a si mesma a dizer “eu sou fingida, má, rebelde ou faladora”? Se não, então gasta o seu tempo em ver aquilo que os outros fazem. Quer dizer com isto que você pode até estar a roubar a alegria de outros seres, metendo-se e infiltrando-se em suas vidas e erros. Mas como ladrão está catalogado como quem rouba notas e recheios de casas, nunca ninguém pensou que roubar e assaltar o recheio do coração de seu filho, marido ou mulher - ou colega de trabalho, por que não? Ou está apenas pensando em si, naqueles que acha que são importantes apenas porque são gente por lhe pertencerem apenas? Ou no seu inimigo amigo e vizinho, naquele perante quem você é sempre sorrisos, mas assim que deixa de estar perto de si, passa a ser muito mau. Rouba a verdade das pessoas, isto é, diz uma coisa passando-se outra em seu coração! Porquê? Porque não quer parecer mau pensando que o outro é que é. Mas se o outro é mau, porque busca você o seu favor? É assim importante para si estar de bem com aqueles que acha que não prestam? Porquê, por eles?

Quando faz asneiras e não restitui a verdade dos factos, retribuindo desculpas a quem elas pertencem, está a fazer o quê, de facto, retendo aquilo que aos outros pertence por direito? Ladrão nunca pensa ir pedir desculpa a ninguém. Você faz? Se não o faz e nunca assaltou nenhum banco, então podemos dizer que é igual a ladrão, ou não? Quando foi a ultima vez que roubou a alegria de alguém com suas asneiras, com suas manhas e crises de identidade? Quantas vezes ao dia rouba o bem-estar daqueles que você diz que ama? E daqueles que não ama? Ou você se acha o Zorro, roubando de quem não gosta? Desculpe, mas ainda não lhe perguntei o seu nome: Você não se chama Salteador Mor, aquele que diz que nunca roubou nada? Porque existem pessoas tristes por sua causa então? Porque lhe fizeram mal? Então você deve achar que é o Zorro. Vejamos: não se acha ladrão, pois não? Não mente pois não? Mas rouba alegria aos outros? Se não é Zorro, diga-me, que é a pessoa com quem estou falando mesmo? Se não quiser me responder, não o faça, encubra então à vontade.

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com