VER DEUS
"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus", Mat.5:6
"Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem. E como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado", João 3:13,14
"Os pecadores de Sião se assombraram; o tremor apoderou-se dos ímpios. Quem dentre nós pode habitar com o fogo consumidor? Quem dentre nós pode habitar com as labaredas eternas?", Is.33:14
  1. Havia uma aldeia ao lado de uma mata. Nessa aldeia havia alguns cachorros. O cachorro de um velhinho sábio viu um coelho na mata e começou a latir freneticamente diante da cova onde entrou o coelho. Os outros cachorros ouviram e vieram latir também e latiam prq ouviam latir. Muitos crentes são assim: latem prq os outros latem. Os cachorros estiveram latindo durante algum tempo até que um a um se foram embora. Contudo, o primeiro cachorro não desistiu e continuava perto da cova onde o coelho entrou. Latia sem parar. O velhinho perguntou ao vizinho se ele sabia qual a razão de seu cachorro não parar de latir quando todos os outros já haviam desistido. O vizinho pensou e pensou e achou que fosse porque o cachorro era mais teimoso ou mais persistente. Ele pensou que o velhinho queria gabar-se do seu cachorro, pois os sábios são sempre confundidos com os orgulhosos prq não fazem nada para esconder sua sabedoria. O homem sábio disse: “Não é por essa razão, não. A razão é prq meu cachorro foi o único que viu o coelho. Por essa razão continua latindo!”

  2. É importante ver Deus em nosso coração – mais que vê-Lo do lado de fora.

  3. Ninguém consegue ver Deus pela força ou decidindo vê-Lo. Ver Deus é uma consequência da limpeza de coração e do afastamento daquilo que Deus considera errado (não necessariamente daquilo que consideramos errado, pois isso significaria que recusaríamos sair daquilo que Deus acha errado e nós achamos certo. Buscamos a opinião de Deus e não a nossa). “E virá um Redentor aos que se afastam da iniquidade”, Is.59:20. É Deus quem se revela a quem reúne todas as condições para vê-Lo.

  4. Consequências práticas de realmente se ver Deus: transformação quase inconsciente por assimilação se não formos pessoas complicadas e que resistem ou se ressentem da verdade do que vemos. 2 Cor.3:8-18. (Mas todos nós, com rosto descoberto, reflectindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor).

Voltar para Index de Mensagens

José Mateus
zemateus@msn.com